Nunca é tarde para agradecer.

O novo ano já se instalou mas nós ainda temos a cabeça em 2017.

Pessoalmente sofro muito com o último mês do ano.

É a pressão dos presentes, é a pressão de da noite de natal, tudo tem que ser super feliz, a noite de passagem de ano e os desejos e resoluções que me dão voltas à cabeça. Não gosto de traçar grandes objectivos ou planos pois prefiro não me desiludir.

christmas_we are love addicts 01

Assumir que em 2018 isto vai acontecer isto e isto é demasiado para mim. Se no dia a dia já tenho essa voz constantemente na minha cabeça por outras razões, ter ainda outra voz a enumerar todos os planos, vezes sem fim, iria dar comigo em doida.

Este fim de ano foi muito agridoce.
Mas não que tenha sido um 50/50, o lado doce acabou por ser maior. Em relação ao outro lado, acho que aprendi a lidar com as situações que me magoam de uma maneira mais calma. Simplesmente não olhar para trás.

Na última semana foram inúmeras as partilhas por essa internet fora dos “melhores momentos de 2017”.
E eu fiquei com tanta comichão a este assunto que preferi guardar tudo para mim. 2017 foi incrível. Não tenho como dizer outra coisa.

christmas_we are love addicts 04

Viajei muito, muito mais que em qualquer outro ano e foi das melhores coisas de sempre.
Mudamo-nos para uma casa melhor e mais bonita, mesmo com todos os dissabores que vieram com ela.

Aproveitei muito a família e percebi que tenho que me sentir muito grata pela que tenho. Não aproveitei tanto os amigos como queria, mas se há plano para 2018 é esse. É convidar mais, estar mais vezes, conversar mais, estar mais presente. Tive trabalho o ano todo apesar de não ser o de sonho, nem o que me está a preencher.
E quero mudar isso.

christmas_we are love addicts 03christmas_we are love addicts 02

Mas, se houve coisa que mexeu mesmo comigo, foi ver tanta gente partilhar experiências incríveis, memórias tão bonitas e concluir com um “este ano não foi assim tão bom, não foi nada incrível, por isso, 2018 por favor sê bonzinho”. E eu? O que sinto? Não posso dizer que não tive um ano incrível. 2017 deu-me tantos momentos que estão gravados no coração e .. sinto-me mal por isso? Devia-me sentir menos bem? Se calhar devia estar a ambicionar ainda mais? Claro que não foi como nos sonhos, mas nos sonhos eu ganho o Euromilhões e ainda continuamos aqui todos. Não quero ser mal interpretada, é apenas um desabafo. Mas se há sítio onde posso partilhar estas palavras, é aqui neste nosso espaço da internet.

christmas_we are love addicts 06christmas_we are love addicts 05

Tenho que admitir que o Leone fez com que o ano acabasse da melhor maneira, fazendo-me esquecer muitas coisas, coisas que ficaram para segundo plano ou lá longe.

Mas essa história fica para outro dia.

Concluíndo e baralhando, somos seres insatisfeitos por natureza. E termos consciência disso é meio caminho andado. Desejo apenas que 2018 traga momentos que vou querer guardar para sempre comigo. Espero que muita coisa mude, mas prefiro guardar para mim. Que 2018 seja para vocês o melhor ano de sempre, que todos os vossos sonhos se tornem realidade e se alguns ficarem pelo caminho, é continuar a lutar.

As fotografias de hoje são muito natalícias. Mas a árvore de natal ainda mora aqui na sala, por isso, temos uma desculpa para partilhar.

Boa semana!
Muito amor,
Joana & Leone